A influência de elementos visuais (ir)relevantes na aprendizagem de crianças em idade escolar

dc.contributor.advisorRodrigues, Pedro F. S.
dc.contributor.authorCoelho, Sónia Joana Sousa
dc.contributor.coadvisorFernandes, Sara M.
dc.date.accessioned2024-04-09T16:39:00Z
dc.date.available2024-04-09T16:39:00Z
dc.date.issued2024-04-09
dc.description.abstractO presente estudo teve como principal objetivo compreender o efeito do ambiente visual da sala de aula no desempenho de crianças em tarefas escolares. Para tal, foi realizado um estudo experimental de campo, em que se manipulou a presença/ausência de elementos visuais expostos nas paredes da sala de aula, incluindo elementos relacionados e não relacionados com os conteúdos a adquirir. Em cada sessão, depois de uma aula lecionada, foi aplicado um teste de conhecimentos. Este estudo contou com a participação de 46 crianças do 1º Ciclo do Ensino Básico de duas escolas do distrito do Porto, com idades compreendidas entre os 8 e os 10 anos (M = 8.61, DP = 0.68), sendo 23 (50%) do sexo masculino e 23 (50%) do sexo feminino. Desses, 24 estudantes (52.2%) eram do 3º ano e 22 (47.8%) do 4º ano de escolaridade. Os resultados indicam que, independentemente do sexo, da ordem em que as aulas foram administradas (com exceção de uma ordem, entre quatro ordens distintas) e dos níveis atencionais e de ansiedade, existem diferenças estatisticamente significativas (p < .05) entre os ambientes manipulados (sem elementos visuais vs. com elementos visuais), evidenciando-se um melhor desempenho dos alunos no ambiente com elementos visuais (M = 16.63, DP = 3.11), comparativamente com o ambiente sem elementos visuais (M = 13.85, DP = 3.83), p < .05. Mais especificamente, constatou-se que os resultados nos testes foram melhores quando as aulas foram lecionadas em ambiente congruente (M = 18.10, DP = 1.76) quando comparado com o ambiente não congruente (M = 15.24, DP = 3.45), p < .01. A presente investigação permitiu obter conclusões baseadas na manipulação de salas de aula reais, enriquecendo a validade ecológica dos resultados. De um modo geral, importa salientar que os resultados não só sustentam a relevância do ambiente visual na sala de aula, como também revelam potenciais implicações práticas e estratégias tangíveis para aprimorar a experiência educacional de crianças. No âmbito da investigação psicológica, este estudo oferece uma fundação robusta para futuras investigações, convidando a uma exploração mais profunda dos fatores que medeiam a relação entre o ambiente visual e o desempenho académico.
dc.description.abstractThe main objective of the present study was to understand the effect of the visual environment of the classroom on children's performance in school tasks. To this end, an experimental field study was carried out, in which there was the manipulation of visual elements displayed on the walls of the classroom, including elements related and unrelated to the content to be acquired. In each session, after a class taught, a knowledge test was administered. of the sample was composed of 46 children from the 1st Cycle of Basic Education from two schools (district of Porto), aged between 8 and 10 years old (M = 8.61, SD = 0.68), 23 (50%) of whom were from male and 23 (50%) female. Of these, 24 students (52.2%) were in the 3rd year and 22 (47.8%) in the 4th year of schooling. The results indicate that, regardless of gender, the order in which classes were administered (with the exception of one order in a total of 4) and levels of attention, and anxiety, there were statistically significant differences between the manipulated environments (without visual elements vs. with visual elements), showing better student performance in the environment with visual elements (M = 16.63, SD = 3.11), when compared to the environment without visual elements (M = 13.85, SD = 3.83). Specifically, it was found that evaluations were better when classes were taught in a congruent environment (M = 18.10, SD = 1.76) when compared to incongruent environment (M = 15.24, DP = 3.45 p < .01). This research allow us to drew conclusions based on manipulation of real classrooms, enriching the ecological validity of the results. In general, it is important to highlight that the results not only support the relevance of the visual environment in the classroom, but also propose potential practical implications and strategies to improve the educational experience with children. Within the scope of psychological research, this study provides a robust foundation for future research, inviting deeper exploration of the factors that mediate the relationship between the visual environment and academic performance.
dc.identifier.citationCoelho, S. J. S. (2024). A influência de elementos visuais (ir)relevantes na aprendizagem de crianças em idade escolar [Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde, Universidade Portucalense]. Repositório Institucional UPT. http://hdl.handle.net/11328/5583
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/11328/5583
dc.language.isopor
dc.rightsopen access
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
dc.subjectAmbiente visual circundante
dc.subjectAprendizagem escolar
dc.subjectElementos relevantes
dc.subjectElementos irrelevantes
dc.subjectCrianças
dc.subject.fosCiências Sociais - Psicologia
dc.subject.ods04 - quality education
dc.titleA influência de elementos visuais (ir)relevantes na aprendizagem de crianças em idade escolar
dc.typemaster thesis
dspace.entity.typePublication
person.affiliation.nameI2P - Instituto Portucalense de Psicologia
person.familyNameRodrigues
person.givenNamePedro F. S.
person.identifier.ciencia-idA619-A232-5DDC
person.identifier.orcid0000-0002-4155-0987
person.identifier.ridL-3459-2017
person.identifier.scopus-author-id56585404500
relation.isAdvisorOfPublication124a51b7-65ee-492d-94e8-6aa833e83d36
relation.isAdvisorOfPublication.latestForDiscovery124a51b7-65ee-492d-94e8-6aa833e83d36
relation.isCoAdvisorOfPublicationbfc63547-8cbd-4aca-b548-1388c1a5c8d8
relation.isCoAdvisorOfPublication.latestForDiscoverybfc63547-8cbd-4aca-b548-1388c1a5c8d8
thesis.degree.nameMestrado em Psicologia Clínica e da Saúde

Ficheiros

Principais
A mostrar 1 - 1 de 1
A carregar...
Miniatura
Nome:
exemplar_3172.pdf
Tamanho:
3.48 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format