A evolução da Arquitectura Biocimática: contributo para a sustentabilidade arquitectónica e urbana.

dc.contributor.authorCosta, José Augusto Ribeiro dapt_PT
dc.date.accessioned2011-03-18T13:14:30Zpt_PT
dc.date.accessioned2013-08-16T13:08:04Z
dc.date.available2011-03-18T13:14:30Zpt_PT
dc.date.available2013-08-16T13:08:04Z
dc.date.issued2008pt_PT
dc.description.abstractO objectivo desta dissertação é apresentar a evolução arquitectónica dos anos 60 até à actualidade apresentando o estudo de três habitações. Duas delas são Bioclimáticas, construídas em zonas distintas (Lisboa e Sintra), projectadas pelo mesmo autor, com as mesmas características de construção no que respeita ao conforto térmico. A terceira habitação apresenta uma construção convencional e encontra-se inserida em Lisboa. No decorrer da análise vai ser apresentada uma aplicação do software (SLR-P), para se efectuar o cálculo da energia necessária para manter a temperatura habitacional constante (18ºC) num edifício de construção Bioclimática e num de construção convencional, na mesma zona de implementação - Parque das Nações, Lisboa. O intuito é analisar essencialmente os tipos de construção do ponto de vista arquitectónico, na concepção/construção do espaço habitacional que, não se baseando apenas, em termos tectónicos, se relaciona também com aspectos especificamente ambientais, o climático e o conforto térmico. A lógica da forma desta arquitectura é determinada também pelas características do ambiente natural, as quais devem fazer parte do projecto arquitectónico do espaço habitacional. Desta forma, é fundamental considerar a qualidade do ambiente envolvente ao espaço habitacional, a nível de disponibilidade de luz natural e por conseguinte, a utilização lógica e adequada da fonte energética que é o Sol, na construção do habitat humano. The purpose of this dissertation is to present the architectonic evolution from the 60’s to present time, presenting the study of three habitation buildings. Two of them are Bioclimatic, built in distinct areas (Lisbon and Sintra), designed by the same author, with the same constructional characteristics, regarding the thermic comfort. The third one presents a conventional construction integrated in Lisbon. An application of the software (SLR-P) will be presented in the course of the analysis to calculate the energy needed to maintain a constant indoor temperature (18º C), in a Bioclimatic construction building and in a conventional construction, both implemented in the same area – Parque das Nações, Lisbon. The aim is to mainly analyze these types of constructions, from the architectonic perspective, on the conception/construction of the habitation space which, is not only based in tectonic terms, but also related to specific environmental aspects, the climatic and the thermic comfort. The logic of this type of architecture is also determined by the natural environment characteristics, which should be considered in the architectonical project of the habitation space. Hence, it is critical to adjust the surrounding environment quality to the habitation space, regarding the level of available natural light and therefore, the logical and efficient use of the energetic resource which is the Sun, in the human habitat’s construction.pt_PT
dc.description.sponsorshipOrientação: Prof.º Doutor Augusto Pereira Brandão.pt_PT
dc.identifier.citationCosta, J.A.R. (2008). A evolução da Arquitectura Biocimática: contributo para a sustentabilidade arquitectónica e urbana. (Tese de doutoramento), Universidade Portucalense, Portugal.pt_PT
dc.identifier.otherCota: TDH 29pt_PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11328/603
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopen access
dc.subjectHabitat humanopt_PT
dc.subjectSoftwarept_PT
dc.titleA evolução da Arquitectura Biocimática: contributo para a sustentabilidade arquitectónica e urbana.pt_PT
dc.typedoctoral thesispt_PT
dspace.entity.typePublicationen
Ficheiros
Principais
A mostrar 1 - 5 de 21
Nome:
TDH 29 (0-Capa).pdf
Tamanho:
6.5 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Nome:
TDH 29 (23).pdf
Tamanho:
2.04 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Nome:
TDH 29 (22).pdf
Tamanho:
23.04 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Nome:
TDH 29 (21).pdf
Tamanho:
5.35 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Nome:
TDH 29 (20).pdf
Tamanho:
2.96 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format