Contributo para a história económica de Angola (1975-2011).

dc.contributor.advisorPacheco, Luís Miguel, orientador científico
dc.contributor.authorGungu, Rui Filipe
dc.date.accessioned2016-02-25T17:26:34Z
dc.date.available2016-02-25T17:26:34Z
dc.date.issued2013-03
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Finanças.pt_PT
dc.description.abstractFalar da história económica de Angola implica necessariamente voltar-se para o estudo de conhecimento da história nacional, revelar tradições, destacar protagonistas individual ou coletivamente, referenciar e analisar ações e acontecimentos que nos permitem conhecê-la melhor para a entendermos profundamente. A tamanha importância que representa a economia nos meandros do processo histórico do país, conduziu-nos a ilação de que o tema é passível de investigação, sendo sugestivo, pois na nossa ótica poderá aportar conhecimentos à sociedade, à comunidade científica, leitores e demais interessados, podendo gerar sugestões para um debate científico, favorecendo desse modo a continuação da investigação da história nacional sem descartar o impacto que deve ter no local e na vida dos cidadãos em particular. Seguindo esses parâmetros, o presente estudo aborda o estado da economia angolana a partir de factos e acontecimentos fundamentais da sua história, desde a independência inserida num contexto económico já sustentado pelo petróleo, domínio que se mantém até ao presente momento, e que proporcionou grande crescimento económico ao longo dos tempos, enquanto por outro lado foi destruindo a base produtiva anterior. Assim, tencionando contribuir para uma melhor gestão do sistema económico angolano a partir da sua história económica e do seu impacto na vida dos cidadãos, estabelecemos a comparação entre o crescimento e desenvolvimento, o que nos permitiu aferir que o grande crescimento da economia angolana ao longo dos tempos não tem significado efetivamente desenvolvimento para toda a população não só por causa da guerra que assolou o país mas também porque, já em tempos de paz, a distribuição tem chegado de forma desigual aos vários segmentos da população angolana. Tornou-se necessária e urgente a existência de um governo que faça jus às políticas que visem o desenvolvimento através da estimulação da produção nacional, para que, fruto de uma melhor gestão, a distribuição das riquezas que o país produz seja feita de forma mais justa. Só assim, o crescimento económico se transformará efetivamente em desenvolvimento coletivo e individual dos cidadãos.pt_PT
dc.description.sponsorshipOrientação: Luís Miguel Pacheco.pt_PT
dc.identifier.citationGungu, R. F. (2013). Contributo para a história económica de Angola (1975-2011). (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1457.pt_PT
dc.identifier.tid201168146pt
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11328/1457
dc.language.isoporpt_PT
dc.publisherUniversidade Portucalensept_PT
dc.rightsrestricted accesspt_PT
dc.subjectHistória económica de Angola (1975-2011)pt_PT
dc.subjectAngolapt_PT
dc.titleContributo para a história económica de Angola (1975-2011).pt_PT
dc.typemaster thesispt_PT
dspace.entity.typePublicationen
thesis.degree.nameMestrado em Finançaspt_PT
Ficheiros