A autoavaliação de escola: um contributo para a análise da representação dos professores.

dc.contributor.authorSantos, Maria Luísa Baptista Duarte Cruz Geraldes
dc.date.accessioned2014-11-24T18:03:34Z
dc.date.available2014-11-24T18:03:34Z
dc.date.issued2013-02
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Administração e Planificação da Educação.pt
dc.description.abstractA presente dissertação tem por objetivo conhecer as representações dos professores em relação ao processo de autoavaliação de escola. A motivação e acuidade do tema firmam-se no momento de vertiginosa mudança que se vive na sociedade, em geral, e nas políticas educativas, particularmente ao nível da avaliação, que pressionam as escolas a impulsionarem práticas de avaliação organizacional. Para o seu enquadramento teórico, este estudo aborda quatro temáticas: o paradigma emergente num mundo em mudança; a avaliação da escola em Portugal (dos primórdios à contemporaneidade); autonomia, avaliação e autoavaliação, bem como as diferentes perspetivas sobre modelos de autoavaliação de escola. Do ponto de vista metodológico este estudo é sustentado na técnica da entrevista semiestruturada, a qual foi aplicada presencialmente a dezoito docentes (n=18) de duas escolas de 3º ciclo e ensino secundário (nove em cada uma das escolas). Para efeitos de análise de conteúdo, elaborou-se um referencial, circunscrevendo-o a duas dimensões: a primeira referente à Construção/Processo da autoavaliação da escola; a segunda respeitante aos Efeitos/Produtos. Deste modo, foi possível responder a duas questões relevantes em qualquer processo autoavaliativo de escola: o processo de autoavaliação de escola é um processo participado? e o processo de autoavaliação de escola é um processo útil? Apesar de bastante críticos relativamente à execução do processo em si, os respondentes denotam elevada expetativa relativamente à utilidade do processo de autoavaliação de escola nas suas diferentes vertentes, embora aludam a uma participação direta ou indireta muito reduzida. This dissertation's objective is to identity the teacher's representations towards the school's self-evaluation process. The theme's motivation and acuity stands on the moment of vertiginous change that is lived in society and in the educational policies, particularly at the evaluation level, that pressures schools to take up organizational evaluation practices. This study, on its theoretical frame, approaches four thematics: the emerging paradigm in an changing world; the schools evaluation in Portugal: from it's beginnings to contemporaneity; autonomy, evaluation and self-evaluation and the theorizers different perspectives on the schools self-evaluation methods. From the methodical point of view this study is sustained on the semi- structured interview method, that was applied in person to eighteen teachers (n=18) from two third cycle and secondary education schools (nine in each school). For content analysis purposes, a referencial was built circumscribing it to two dimensions, the first referring to the school's self-evaluation Construction/Process; the second referring to the Effects/Products. On this way, it was possible to answer two relevant questions in any school's self-evaluation process: is the school's self-evaluation process a participated one? and, is the schools self-evaluation process a useful one? Although quite critics relatively the process execution, the respondents denoted high expectations relatively to the usefulness of the school's self- evaluation process in it's different strands, although they allude to a very reduced direct or indirect participation in the self-evaluation process.pt
dc.description.sponsorshipOrientação: Prof.º Doutor Eusébio André Machado.pt
dc.identifier.citationSantos, M.L.B.D.C.G. (2013). A autoavaliação de escola: um contributo para a análise da representação dos professores. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal.pt
dc.identifier.otherCota: TME 521
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11328/935
dc.language.isoporpt
dc.publisherUniversidade Portucalensept
dc.rightsopen accesspt
dc.subjectEscolapt
dc.subjectAutonomiapt
dc.subjectAvaliaçãopt
dc.subjectAutoavaliaçãopt
dc.subjectAvaliação externapt
dc.subjectDescentralizaçãopt
dc.subjectModelo de avaliaçãopt
dc.subjectSchoolpt
dc.subjectAutonomypt
dc.subjectEvaluationpt
dc.subjectSelf-evaluationpt
dc.subjectExternal evaluationpt
dc.subjectDecentralizationpt
dc.subjectEvaluation modelpt
dc.titleA autoavaliação de escola: um contributo para a análise da representação dos professores.pt
dc.typemaster thesispt
dspace.entity.typePublicationen
Ficheiros
Principais
A mostrar 1 - 1 de 1
A carregar...
Miniatura
Nome:
TME 521.pdf
Tamanho:
1.53 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format