Impacte do Processo de Reorganização Curricular do Ensino Básico na área das Ciências Físicas e Naturais e na relação do professor com o trabalho curricular

dc.contributor.authorMartins, Idalina
dc.contributor.authorRoldão, Maria do Céu
dc.contributor.authorCosta, Nilza
dc.contributor.authorAbelha, Marta
dc.date.accessioned2017-12-13T12:13:08Z
dc.date.available2017-12-13T12:13:08Z
dc.date.issued2008
dc.description.abstractEsta comunicação assume-se como um contributo para a compreensão do impacte da implementação do Processo de Reorganização Curricular do Ensino Básico na mudança das práticas curriculares e das dinâmicas de trabalho docente, nomeadamente dos professores que leccionam a área das Ciências Físicas e Naturais. A sua sustentação teórica e os resultados apresentados resultam de dois projectos de investigação que, apesar de distintos, foram desenvolvidos em rede, e que se centraram nas duas questões seguintes: Como estão a apropriar-se os professores, do 1º Ciclo e do 4º Grupo do 2º Ciclo, da actual abordagem curricular perspectivada para o desenvolvimento de competências, em particular das definidas para a área das Ciências Físicas e Naturais? (Martins, 2005) e Que tipo de Cultura Docente é promovida ao nível do Departamento Curricular das Ciências? (Abelha, 2005). A interligação destas duas questões centra-se na convicção de que uma abordagem curricular orientada para a gestão mais autónoma do currículo pelos professores e perspectivada para o desenvolvimento de competências nos e com os alunos pressupõe a existência de uma cultura de colaboração docente. A metodologia de investigação adoptada assumiu uma natureza interpretativa, socorrendo-se de abordagens essencialmente qualitativas, complementares de um levantamento inicial de carácter quantitativo. As técnicas de recolha de dados utilizadas foram o inquérito, por questionário e entrevista, e a análise documental. Os resultados encontrados evidenciam que a assunção da actual abordagem curricular perspectivada para o desenvolvimento de competências nos e com os alunos e a descoberta de novos sentidos para a ideia de colectivo profissional são, ainda, realidades débeis que se traduzem em constrangimentos a nível da gestão curricular e das relações de trabalho docente. Tais limitações aparecem associadas a características persistentes da cultura profissional dominante. Será, também, objecto desta comunicação a apresentação de áreas de intervenção (sugestões) passíveis de inverter a situação referida, decorrentes da informação proveniente da investigação destes dois estudos.pt_PT
dc.identifier.issn0873-3600
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11328/2006
dc.language.isoporpt_PT
dc.peerreviewedyespt_PT
dc.rightsopen access
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/4.0/pt_PT
dc.subjectGestão curricularpt_PT
dc.subjectCompetênciapt_PT
dc.subjectTrabalho docentept_PT
dc.subjectEnsino das ciênciaspt_PT
dc.titleImpacte do Processo de Reorganização Curricular do Ensino Básico na área das Ciências Físicas e Naturais e na relação do professor com o trabalho curricularpt_PT
dc.typejournal articlept_PT
degois.publication.firstPage263pt_PT
degois.publication.issue13pt_PT
degois.publication.lastPage273pt_PT
degois.publication.locationPortopt_PT
degois.publication.titleRevista Saber & Educarpt_PT
dspace.entity.typePublicationen
person.familyNameAbelha
person.givenNameMarta
person.identifier.ciencia-id9D1F-94B0-794A
person.identifier.orcid0000-0001-7105-3722
person.identifier.ridH-1160-2016
person.identifier.scopus-author-id35772219700
relation.isAuthorOfPublicationb796ce33-4d89-44fb-9a34-71e4d14814ff
relation.isAuthorOfPublication.latestForDiscoveryb796ce33-4d89-44fb-9a34-71e4d14814ff

Ficheiros

Principais
A mostrar 1 - 1 de 1
A carregar...
Miniatura
Nome:
Saber_e_Educar_Mabelha_2008.pdf
Tamanho:
261.49 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format