Outra Verónica decide morrer

dc.contributor.authorSobral, Sónia Rolland
dc.date.accessioned2019-10-01T10:23:19Z
dc.date.available2019-10-01T10:23:19Z
dc.date.issued2019-06-01
dc.descriptionA Veronica suicidou-se. Pobres crianças que ficaram sem mãe numa sociedade que não se importa em magoar o próximo e replica todos os disparates nas redes sociais só para passar o tempo e se divertir.A Veronica do livro do escritor Paulo Coelho queria suicidar-se sem que os outros percebessem bem porquê. Esta semana uma outra Veronica suicidou-se e ainda estaremos para perceber porquê.Veronica, a verdadeiranão a de ficção, era uma espanhola de 32 anos, mãe de dois filhos de 4 anos e 9 meses, funcionária da Iveco perto de Madrid. Tinha começado cedo a trabalhar na linha de montagem e por ali tinha ficado. A vida de Veronica era a de muitas outras mulheres: casa, trabalho e família. Esta semana Veronica saiu da Iveco um par de horas mais cedo, foi para casa e enforcou-se.
dc.identifier.citationSobral, S. R. (2019, junho 1). Outra Verónica decide morrer. Observador. Recuperado em https://observador.pt/opiniao/outra-veronica-decide-morrer/. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/2913
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11328/2913
dc.language.isoporpt_PT
dc.peerreviewednopt_PT
dc.relation.publisherversionhttps://observador.pt/opiniao/outra-veronica-decide-morrer/pt_PT
dc.rightsopen accesspt_PT
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/4.0/pt_PT
dc.titleOutra Verónica decide morrerpt_PT
dc.typenewspaper articlept_PT
degois.publication.titleObservadorpt_PT
dspace.entity.typePublicationen
Ficheiros
Principais
A mostrar 1 - 1 de 1
Nome:
Observador3 (002).pdf
Tamanho:
105.68 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format