Racionamento dos cuidados de saúde e a participação da sociedade: revisão do debate.

dc.contributor.authorVeiga, Paula Alexandra Correia Velosopt_PT
dc.contributor.authorPinho, Micaela
dc.date.accessioned2013-08-16T11:56:15Z
dc.date.available2013-08-16T11:56:15Z
dc.date.issued2010pt_PT
dc.descriptionIntrodução: O tradicional modelo discricionário de estabelecer prioridades na saúde tem vindo a ser questionado por muitos decisores políticos que procuram lidar com esta realidade de forma mais explícita. Explicitar o modo de estabelecer prioridades tem suscitado intensos de debates, sobretudo e em particular no que respeita à contribuição da economia e ao desenvolvimento da população. Material e métodos: A revisão bibliográfica permitiu, não apenas, rever o debate em torno da evolução a que tem estado sujeito o processo de priorização dos serviços de saúde ao longo das três últimas décadas como também descrever a problemática associada à participação da comunidade no debate sobre o racionamento e conhecer algumas reformas internacionais que procuraram conferir ao racionamento um carácter mais transparente. Resultado: A par das reformas para a adopção de critérios sistemáticos de racionar os cuidados de saúde surge o debate sobre o papel a conferir um papel mais interventivo às populações, não há consenso sobre os limites e modelos de participação. A tarefa, na prática, tem-se revelado complexa e conflituosa. Conclusão: A implementação de sistemas de racionamento com carácter mais explícito e transparente continua em discussão na literatura. As soluções parecem depender essencialmente da vontade política e do contexto cultural de cada país.pt_PT
dc.identifier.citationPinho, M. & Veiga, P. (2010). Racionamento dos cuidados de saúde e a participação da sociedade: revisão do debate. Revista Portuguesa de Saúde Pública, 18 (2), 119-126.pt_PT
dc.identifier.issn0870-9025pt_PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11328/411
dc.language.isoporpt_PT
dc.publisherRevista Portuguesa de Saúde Públicapt_PT
dc.rightsopen access
dc.subjectRacionamentopt_PT
dc.subjectSistemas de saúdept_PT
dc.subjectEnvolvimento da comunidadept_PT
dc.subjectRationingpt_PT
dc.subjectHealth care systemspt_PT
dc.subjectCommunty involvementpt_PT
dc.titleRacionamento dos cuidados de saúde e a participação da sociedade: revisão do debate.pt_PT
dc.typejournal articlept_PT
dspace.entity.typePublicationen
person.affiliation.nameREMIT – Research on Economics, Management and Information Technologies
person.familyNamePinho
person.givenNameMicaela
person.identifier.ciencia-idAF14-3E2F-3400
person.identifier.orcid0000-0003-2021-9141
person.identifier.ridL-1789-2018
person.identifier.scopus-author-id23990998900
relation.isAuthorOfPublicationb73425ae-9c53-43ec-9bef-8d0ebebecc6b
relation.isAuthorOfPublication.latestForDiscoveryb73425ae-9c53-43ec-9bef-8d0ebebecc6b

Ficheiros

Principais
A mostrar 1 - 1 de 1
A carregar...
Miniatura
Nome:
Revista Portuguesa de Saúde Pública, 18 (2), 2010(RESUMO).pdf
Tamanho:
20.28 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format