Alcindor, Mónica

A carregar...
Foto do perfil
Endereço de Email
Data de nascimento
Cargo
Último Nome
Alcindor
Primeiro Nome
Mónica
Nome
Mónica Alcindor Huelva
Biografia
Doutoramento em Arquitetura na Universitat Politècnica de Catalunya- UPC, Espanha (2011). Graduada em Antropologia Social e Cultural na Universidad Nacional de Educación a Distancia – UNED, Espanya (2019). Pós-graduação em técnicas de intervenção patrimoniais na UPC, Barcelona, Espanha (2010). Diploma de Estudos Avançados em Construção, Restauro e Reabilitação Arquitectónica (2007). Licenciatura em Arquitetura na Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Sevilha-ETSAS, Espanha (1999). Afiliação: CIAUD-UPT—Branch of CIAUD Research Center, Departamento Arquitetura e Multimédia Gallaecia. CIAUD, Research Centre for Architecture, Urbanism and Design, Lisbon School of Architecture, Universidade de Lisboa.
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Organização
CIAUD-UPT - Centro de Investigação em Arquitetura, Urbanismo e Design
O Centro de Investigação Gallaecia é responsável pela investigação e produção científica do DAMG. A equipa tem ganho regularmente financiamento para projetos de investigação, como coordenador ou parceiro, em candidaturas da FCT (projeto SEISMIC-V), programa Cultura 2000 (projeto VerSus) ou da Europa Criativa (projeto 3DPAST). A equipa realiza igualmente, consultoria e prestação de serviços a Municípios, assim como apoio às comunidades nas Juntas de Freguesia e Santa Casa da Misericórdia. Os principais projetos de investigação ganhos e coordenados pela equipa têm sido dedicados sobretudo a património vernáculo, arquitetura de terra, Património Mundial e multimédia. Atualmente, encontram-se em desenvolvimento, os projetos “Versus+: Heritage for People” do programa Europa Criativa, com participação de 4 países (2019-2023); e o projeto “SizaAtlas: Filling the gaps” projeto FCT, coordenado pelo ISCTE, com parceria da FAUP e da UPT (2021-2024). Devido ao desenvolvimento ativo de projetos, de formação e capacitação, de valorização e proteção de património vernáculo e de arquitetura de terra, a equipa foi outorgada, com a Cátedra UNESCO de “Arquitetura de Terra, Desenvolvimento Sustentável e Culturas Construtivas”, da UNITWIN e Chaire UNESCO da CRAterre; e é membro institucional da Rede Ibero-americana PROTERRA de arquitetura e construção com terra.

Resultados da pesquisa

A mostrar 1 - 3 de 3
  • PublicaçãoAcesso Aberto
    Avaliação organizacional: impactos na melhoria.
    2014-07 - Castedo, Ana Cristina Branco Jorge; Alcindor, Mónica; Alves, José Joaquim Ferreira Matias, orientador científico; Alcindor, Mónica
    presente trabalho constitui um estudo de caso que procurou analisar o impacto dos procedimentos de avaliação organizacional na melhoria da qualidade do serviço educativo e nos resultados dos alunos. A investigação consistiu, numa fase inicial, na realização de entrevistas a diferentes atores sobre a avaliação organizacional e respetivos modelos utilizados. Foram, ainda, consultados diferentes documentos (Relatório de Avaliação Externa, Relatórios da Equipa de Autoavaliação, Projeto Educativo da Escola, Atas de Conselho de Turma e Pedagógico) e feito o registo de algumas observações diretas. Perante as limitações de tempo, optou-se pelo estudo de caso de uma escola próxima e de fácil acesso. A seleção da escola baseou-se na cultura avaliativa intrínseca à organização. Da investigação resultou a perceção de que os impactos da avaliação organizacional, na vida da escola e na evolução dos resultados dos alunos, são muito pouco significativos. Resultou, ainda, a noção de que os procedimentos de avaliação se traduzem, essencialmente, no cumprimento de uma rotina legitimada e organizada sem impacto na ação. Num contexto de exigências crescentes de performatividade, a escola cria estratégias de resposta que, apesar de legitimadas, não resolvem nem melhoram a realidade presente.
  • PublicaçãoAcesso Aberto
    António de Oliveira Salazar: Discurso Político e “retórica” dos Direitos Humanos
    2013 - Campina, Ana; Alcindor, Mónica
    Este trabalho debruça-se sobre António de Oliveira Salazar - Discurso político e a “retórica” dos Direitos Humanos. A educação e a formação, os meios onde se moveu e que lhe permitiram evoluir e afirmar-se perante uma sociedade estiveram na génese da produção, uso e manipulação do discurso salazarista. O discurso marcou indiscutivelmente a trajetória de António de Oliveira Salazar, na sua ascensão ao poder - a etapa central da nossa investigação – por mais que a comparação da teoria com a prática nos transporte para uma breve passagem pelo ocorrido entre 1933 e 1968. A análise do discurso salazarista permitiu um reconhecimento em profundidade do regime, o qual teve uma duração de quatro décadas, porém exigiu-se uma análise funcional deste formidável instrumento estratégico, que não deixaria de marcar, por muito tempo, ainda que em grau desigual segundo os casos e sectores, por permeabilidade ou por reação, a mentalidade coletiva dos portugueses.
  • PublicaçãoAcesso Aberto
    La cal, una visión biocultural
    2012 - Roselló, Oriol; Alcindor, Mónica; Alcindor, Mónica
    Este artículo pretende poner de relieve la amplitud de los usos más allá del relacionado con el ámbito edificatorio, ya que hoy en día parece ser el único que se le atribuye a la cal, dejando de lado y olvidando su contribución en otras áreas. Se trata de una mirada centrada en su extensión geográfica y cultural, y realmente lo que pretende es poner de relieve el fenómeno de integración cultural que se evidencia mediante este material tradicional en cada enclave elegido. No forma parte del objetivo de este artículo profundizar en cada una de los casos que se mencionarán sino lo que se ambiciona es resaltar una visión general de la cal, ya quendesde nuestro gremio siempre ha estado reducida al acto edificatorio, relegando al olvido las otras áreas donde su uso contribuía al desarrollo de otras actividades de las diferentes comunidades. Este enfoque que se ha realizado de la cal, tiene su origen en la transferencia de modos de análisis que practican otras áreas de estudio tales como la agroecología o la antropología cuyo planteamiento se basa en una visión holística e integradora de ideas y métodos de diversas disciplinas y dejando de lado por el momento, los procedimientos analíticos aplicados hasta ahora en las ciencias que pueden llegar a subestimar las interacciones que se producen entre las partes que constituyen el todo del objeto de estudio. Dentro del campo de la agroecología la relectura de técnicas tradicionales agrícolas en aras de recobrar la sostenibilidad y equidad del sistema productivo ya han comenzado a dar resultados positivos. Se trata de unas de las primeras disciplinas en detectar los factores negativos de nuestro sistema productivo y las ventajas reales de la recuperación de saberes tradicionales. De hecho la agroecología pretende subsanar la relación entre el hombre y la naturaleza tanto desde el punto de vista de flujos materiales como desde el epistemológico en el campo de la agronomía.